Contato responsável
igus® do Brasil Ltda

Rua Antônio Christi, Nº 611

Parque Industrial III - FAZGRAN

13213-183 – Jundiaí-SP

+55 11 3531 4487
+55 11 3531 4488

Visão geral dos eixos lineares: o acionamento certo para o seu sistema



A tecnologia de acionamento drylin consiste em uma ampla gama de produtos, que variam de leves eixos lineares feitos de polímero a soluções sólidos de aço inoxidável; eles trabalham sem o uso de lubrificantes externos. O movimento dos eixos lineares é implementado através de fusos de avanço, correias dentadas ou cremalheiras. A igus oferece ao cliente soluções adequadas para as aplicações mais individuais. Em todos os sistemas, o comprimento do curso é selecionável livremente e o acionamento das unidades lineares pode ser implementado usando equipamento opcional disponível na forma de volante ou de vários motores. As mesas de posicionamento acionadas por fusos de avanço são a escolha preferida para aplicações com altas forças de cisalhamento axial, que, portanto, exigem a mais alta precisão.

Em todos os modelos, os módulos lineares podem ser equipados com fusos trapezoidais ou de hélice elevada.  Eixos lineares com acionamentos de correia dentada são projetados para deslocamentos longos e velocidades mais altas em aplicações com alta repetibilidade e ciclos curtos.  
 
As  unidades lineares para alta velocidade e deslocamentos longos com transmissão direta de potência por meio de cremalheiras oferecem o benefício adicional de permitir que vários carrinhos se movam independentemente e sem folga entre si, em um sistema.

Eixos lineares com acionamento de fuso de avanço

Acionamentos lineares com fuso de avanço

  • Econômico e & preciso ajuste de formato

Eixos lineares com acionamento de fuso de avanço
Eixos lineares com acionamento de correia dentada

Acionamentos lineares com correia dentada

  • Muito eficiente devido à baixa inércia

Eixos lineares com acionamento de correia dentada
Eixos cantiléver

Eixo cantiléver leve

  • Precisão máxima, mesmo em deslocamentos longos

Eixos cantiléver

Acionamento de fuso de avanço: vantagens e desvantagens

Quando usar?

  • Para ajustes de formato
  • Em ambientes extremos
  • Quando é necessária uma solução econômica e pronta para instalar
  • Quando é necessária resistência à corrosão
  • Quando é necessário um funcionamento silencioso

Quando não usar?

  • Quando cargas altas precisam ser deslocadas com forças altamente dinâmicas
  • Quando é necessária uma precisão de posicionamento de < 0,1 mm
  • Quando é necessário um elevado desempenho de operação em funcionamento contínuo

Estrutura de um eixo de fuso de avanço da igus
 

Eixo de fuso de avanço da igus na seção transversal

1

 Isento de lubrificação devido a buchas de polímero e porcas de polímero

2

 3 materiais de eixos

3

 8 passos de rosca trapezoidal, 4 passos de rosca de hélice elevada

4

 Material do corpo em aço inoxidável, alumínio, zinco ou polímero

5

 Fuso de avanço usinado no desenho ou no eixo de acionamento plano

6

 Acessórios disponíveis


Acionamento de correia dentada: vantagens e desvantagens

Quando usar?

  • Posicionamento rápido de pequenas cargas
  • Para estrutura de baixo perfil
  • Operação silenciosa e operação contínua
  • Uso subaquático com cinto UW
  • Versão básica como uma solução de baixo preço

Quando não usar?

  • Quando altas cargas precisam ser movimentadas em alta velocidade
  • Quando é necessária uma precisão de posicionamento de < 0,1 mm

Estrutura de um eixo com correia dentada da igus
 

Eixo com correia dentada da igus na seção transversal

1

 Suportes de extremidade com rolamento de esferas

2

 Guia linear isenta de lubrificação com buchas autolubrificantes de polímero

3

 Vários comprimentos de carrinho

4

 Correia dentada de poliuretano (PU) ou neoprene

5

 Alumínio anodizado rígido


Acionamento linear com cremalheira: vantagens e desvantagens

Quando usar?

  • Aplicações de pick-and-place com alta dinâmica
  • Para uma estrutura compacta da aplicação
  • Como eixo Z em pórticos multi-eixos

Quando não usar?

  • Cargas altas
  • Autotravamento
  • Campos de aplicação de muita sujeira

Estrutura de um eixo de cremalheira da igus (eixo-z)
 

Eixo de cremalheira da igus na seção transversal

1

 Transferência de força direta através de cremalheira

2

 Resistência à torção através de eixo oco de alumínio drylin AWMR

3

 Isento de lubrificação e de manutenção devido aos filmes deslizantes lineares drylin R

4

 Massa dinâmica (0,9 kg) permite operação rápida


Exemplos de aplicações de clientes

Mais informações

Eixos lineares econômicos drylin® econ

Modelos de entrada adequados | drylin econ

Aqui você encontrará módulos lineares econômicos para tarefas de posicionamento e ajuste.

Vídeos para montagem da tecnologia de acionamento drylin®

Vídeos de montagem | tecnologia de acionamento drylin

Dicas úteis para a montagem da tecnologia de acionamento drylin da igus.



Consulta

Teremos muito prazer em esclarecer as suas dúvidas e perguntas pessoalmente

Envio e consulta

Pessoalmente:

De segunda à sexta das 7:30 às 17:18

Online:

24h