Selecione o local de entrega

A seleção do país/região pode influenciar vários fatores, tais como preço, opções de envio e disponibilidade de produtos.
Contato responsável
Selecionar localização

Depois de introduzir o seu CP, nós designamos a pessoa para o atender imediatamente.

BR(PT)

Controlador de motor dryve

Selecione, clique, controle...

Distâncias de curso, posições, velocidades, tempos de operação – facilmente definidos com o novo sistema de controle drylin® E baseado na web para sistemas lineares da igus®.
 
  • Sem necessidade de instalação de software ou aplicações, rápida colocação em funcionamento
  • Controle possível através de smartphone (navegador), tablet ou laptop
  • Interface de usuário intuitiva e simples, sistema de controle configurado em apenas alguns minutos
  • Compatível com diversos controladores industriais (p. ex. Siemens S7 e Beckhoff).
  • Para motores DC, BLDC e motores de passo
  • Econômicos

Downloads

Todos os documentos relevantes - folhetos e dados técnicos, firmware mais recente, instruções de operação, Ficha de Dados Eletrônica CANopen, desenhos 2D e 3D - podem ser encontrados no portal de download do controle de motor dryve.
Sistema de controle de motor dryve

1. Fornecimento de tensão

Os fornecimentos de tensão lógica e de carga são separados para permitir uma paralisação de segurança.
O fornecimento da tensão lógica é de 12-24 V e o fornecimento de tensão de carga é de 12-48 V.

2. Entradas digitais

Com as 10 entradas predefinidas, os movimentos podem ser selecionados, iniciados e parados. Devido a duas entradas de interruptores finais, o controlador de motor pode também realizar funções de segurança.

3. Saídas digitais

Com as 5 saídas predefinidas, a informação pode ser obtida a partir do controlador de motor. O controlador de motor indica se o sistema está pronto ou em movimento, se está definido como referência ou se existem alarmes ou falhas.

4. Entradas analógicas

As duas entradas analógicas podem ser usadas para ler a informação absoluta da posição de um eixo linear ou para especificar velocidades ou posições. Um "volante eletrônico" pode ser usado para permitir o movimento do eixo linear sem necessidade de alterar qualquer parâmetro.

5. Conexão de motor e freio

A conexão de motor é adequada para motores DC, trifásicos BLDC e motores de passo bifásicos. Uma conexão para um freio de motor também foi integrada neste conector.

6. Codificador angular

Para permitir o controle ideal do motor e a especificação de uma posição exata, é necessário um codificador angular. O controlador de motor foi concebido para diversos tipos de codificadores angulares com um fornecimento de tensão de 5 V.

7. CANopen

A conexão CANopen é um protocolo de comunicação usado para comunicar com controladores de nível superior. Ele é usado para controlar eixos individuais, mas em primeiro lugar para operar sistemas multiaxiais. Os robôs lineares drylin® E podem ser operados de modo eficaz e eficiente com CANopen.

8. Ethernet

A porta Ethernet é usada para acessar a interface gráfica do usuário através de um navegador ou para comunicar através de Modbus TCP.

9. Display

O display LED de estado fornece informações sobre o endereço IP ou o estado dos controladores.
Por exemplo, ele apresenta automaticamente o endereço IP do controlador de motor ou mostra avisos ou mensagens de erro.

Teste o controlador de motor dryve

É possível usar a interface de usuário intuitiva do navegador para definir o modo de curso, posições, aceleração, velocidade e tempos de pausa do eixo linear.
 
Teste aqui a interface de usuário simulada do controlador para motores. Usando o controlador real, os dados introduzidos serão transmitidos exatamente como neste simulador. Não existe transmissão separada.
 
É muito fácil: Em "Perfis de curso", é possível configurar até oito linhas e aplicar os parâmetros de controle ao eixo linear. No campo "Modo", use HOM para definir o ponto zero ou use ABS para definir a posição absoluta para movimento no eixo linear. Escolha o destino, inserindo a posição no eixo ou usando a função de programação. Insira os valores para a aceleração, velocidade e desaceleração e, se necessário, um período de pausa. Em "Bloco subsequente", especifique o número do próximo perfil de movimento.
 

O controlador em detalhe

Pronto para usar imediatamente

O controlador de motor dryve pode ser conectado tanto à sua rede como diretamente à unidade de controle (PC ou PLC) através de um cabo de rede. É possível então iniciar o controlador diretamente no navegador sem instalação de software. As configurações podem ser feitas num minuto.
 
Para cada eixo linear é necessário um controlador de motor dryve.

Controle fácil

É possível usar a interface intuitiva simples para parametrizar o curso, posição, alimentação e tempo de operação do eixo linear mesmo como um amador.
  
Os movimentos continuamente repetidos conhecidos como "ciclos" podem ser configurados em apenas poucos segundos. Uma função de programação permite configurar a posição com apenas um clique.

Normas da indústria

Devido a protocolos de comunicação normalizados, como CANopen ou Modbus TCP, é muito fácil conectar o sistema a controladores industriais, como Siemens S7 ou Beckhoff.
 
As dez entradas e saídas digitais permitem uma comunicação extremamente fácil com controladores industriais, mas também com módulos econômicos open-source, tais como Arduino ou Raspberry Pi.

Tecnologia poderosa

O sistema dryve suporta motores DC, motores BDLC e motores de passo, ambos com tecnologia de malha aberta e fechada.
 
A tensão de fornecimento até 48 V assegura velocidades elevadas no motor. A corrente nominal de 7 A e o pico de corrente de 20 A provocam movimentos fortes e dinâmicos.

Dados técnicos

Fornecimento de tensão lógica nominal12 – 24 VDC
Fornecimento de tensão de carga nominal12 – 48 VDC
Tipos de motorMotor de passo bifásico bipolar (ST), motor de corrente contínua (CC),
motor com comutação eletrônica (BLDC)
Corrente contínua de motor7 A
[Uncover linktext="Dados técnicos completos..."]
 Pico de corrente de motor  ST: 10 A, DC: 14 A, BDLC: 21 A, no máx. 2 segundos, dependendo da frequência de movimento
Potência de saídamáx. 340 W permanente
Corrente de saída digitalmáx. 200 mA por saída
Freio de retenção24 VDC, 1 A
Codificador angularSensor de efeito Hall (2 ou 3 polos), codificador (acionamento de linha RS422 ou com uma extremidade)
feedback analógico via entradas analógicas
Entradas digitaisDez entradas digitais, função pré-atribuída, opção de NPN ou PNP,
resistência de pull-down (PNP) e pull-up (NPN) integrada
,à prova de curto-circuito, isoladas eletricamente, 5 – 24 V DC (externa)
Saídas digitaisCinco saídas digitais, função pré-atribuída, PNP,
resistência de pull-down (PNP) integrada,
à prova de curto-circuito, isoladas eletricamente, 5 – 24 V DC (externa)
Entradas analógicasDuas entradas analógicas, sinal de ±10 V DC (12 bits), sinal de 0-10 V DC (11 bits),
fornecimento de tensão de 10 V DC
InterfacesCANopen (DS 402), Modbus TCP, Ethernet, codificação de bits, passo/sentido
Modos de operaçãoCircuito aberto com/sem monitoramento de posição, circuito fechado
Modos de operaçãoBinário: 32 movimentos de deslocamento
Toque/programação: 8 movimentos de deslocamento com movimentação manual externa
Passo/sentido: ponto de referência externo 
Marcação CE de acordo com a diretiva CEMEN 61000-6-2:2005, EN 61000-6-3:2007
Temperatura ambiente-20 °C a +45 °C
Umidade relativa≤ 90 %, sem condensação
Temperatura máxima da unidade de energia100°C
Temperatura da bucha-40 °C a +60 °C
Classe de proteçãoIP 30
Funções de proteçãoMonitoramento, monitoramento da temperatura da unidade de potência, monitoramento da corrente,
proteção contra sobretensão ou subtensão, detecção de erro de contorno,
controle do codificador
MontagemAparafusado, montagem em trilhos DIN
P x L x A em mm
(inclusive conectores e elementos de montagem)
124 x 31 x 139

Encomendar controlador para motores

Unidade de controle dryve®

Controlador de motor dryve

Pronto para enviar em 24 - 48 horas.